O que vou fazer da minha vida?

by - domingo, julho 31, 2016

O que fazer quando se está em uma dúvida cruel sobre o que cursar na faculdade? Não é nada menos do que aquilo que você fará pro resto da sua vida e serão investidos de 4 a 5 anos da sua vida. No mínimo. Sem pressão. :)

Até o início do segundo trimestre deste ano eu estive decidida sobre fazer publicidade e propaganda na faculdade porém, eu sou uma amante da biologia e fisiologia dos seres, além de uma completa apaixonada pelos animais, o que me fez pensar sobre o curso de medicina veterinária. Na minha cidade - no meu estado, na verdade -, não há esse curso na federal e há uma certa dificuldade para migrar e fazer em outro estado, por questões financeiras mesmo já que eu teria que arcar com todos os custos. Apesar de ser o meu maior desejo no momento, veterinária continua sendo uma opção mais distante e publicidade continuará como meu foco principal, entretanto, me perguntaram o porquê e como eu simplesmente decidi que quero outro curso mesmo depois de há cinco anos estar totalmente focada em publicidade, e é difícil dizer. Sabemos o quanto essa é uma das decisões mais complicadas e importantes a se tomar na vida e não dá pra ficar fazendo testes e escolhas ruins, sei o quanto é cansativo apenas pensar em tomar essa decisão, pensando nisso e, sabendo que eu mesma estudei muito todas essas coisas para se decidir a carreira ideal, trouxe neste post hoje algumas dicas que podem ajudar você que está na dúvida entre duas ou mais carreiras a seguir.

 - Antes de tudo, eu sei que é clichê, mas realmente importa, tente se imaginar exercendo esta profissão no futuro. Você estaria feliz? Não adianta entrar em uma faculdade esperando apenas pelo dinheiro, você precisa ser um bom profissional para poder ser bem recompensado, e para ser um bom, um ótimo profissional é preciso fazer com paixão, é preciso que aquilo não seja apenas uma obrigação. Se você está tendo a oportunidade de ingressar em uma universidade, escolha aquilo que lhe faz bem e com certeza o sucesso virá.

 - Pesquise sobre a grade (ou você pode conhecer aí como "cadeiras") dos cursos em que está na dúvida, veja qual tem matérias que mais lhe agradam mas veja bem, todo curso terá duas ou três matérias que você não irá gostar, não há como fugir disso. Encare o fato de que na faculdade nem tudo são flores.

 - Veja vídeos de estudantes do curso que deseja. Há inúmeros vídeos no youtube em que as pessoas falam todas as realidades do curso, isso vai te ajudar a ver todos os prós e contras e se ainda assim você estiver animado(a) e quiser muito fazer, esse é o seu. (Procure pela tag "faculdade: [seu curso]").

 - Se puder, procure conversar com profissionais da área, ou até mesmo visitar a universidade desejada, visite aquelas feiras em que eles fazem palestras sobre os cursos, ou converse com os alunos do curso e pergunte tudo o que você quer saber, não tenha vergonha, nem todo universitário tem complexo de professor, eles já estiveram no seu lugar e muitos ainda lembram disso.

 - Nunca, jamais pesquise piso salarial e mercado de trabalho, como disse lá em cima, todo profissional bom tem seu lugar, por mais concorrido que seja, se você faz com toda a sua dedicação, você faz um bom trabalho e em todos os lugares precisa-se de profissionais apaixonados pelo seu trabalho.

 - E, por fim, pense em todas as suas habilidades que podem ser transformadas em um emprego, o que você MAIS gosta de fazer? Pense bem e divida em duas "gavetas": o que você faz por hobby (geralmente, aqui estão todas aquelas coisas que você ama fazer mas que com o tempo se tornariam cansativas e entediantes, desgastariam sua carreira). E o que você não se importaria em fazer todos os dias, sem reclamar. Monte prioridades, estabeleça um foco, coloque um curso em primeiro lugar e faça dele seu objetivo. Hoje em dia tem curso de tudo, é certo que você encontrará o curso da sua vida.

Eu espero muitíssimo que tenha ajudado alguém, me conta depois qual curso você faz/quer fazer, e como você decidiu. Vamos compartilhar experiências, okay? Beijo ♡.

Veja Também:

0 comentários